segunda-feira, 31 de março de 2008

FOTOGRAFIA


Fotografia pra mim é preto e branco.

Coloquei algumas fotos minhas de Goiânia.
Um outro olhar para a cidade.



sexta-feira, 28 de março de 2008

ENFIM COMPLICADO ISSO


Mais uma caricatura, dessa vez da UEG.
Graças ao talento e atenção do Renato Carrasco e da Susi, agora arquitetos, essa frase ficará imortalizada nas aulas de LEPP.
"enfim complicado isso..."

quinta-feira, 27 de março de 2008

GUSTAVO VEIGA

video

Para aqueles que pensam que música goiana se resume a feijão que rima com paixão, veja o vídeo do show do cantor e compositor goiano Gustavo Veiga. A música "Caravana" desse pequeno vídeo é de seu último cd de mesmo nome.

Saindo do forno está seu próximo cd - MENINO METIDO A VALENTE.

Quem foi ao Goiânia Ouro se deliciou com um show belíssimo do Essência, João Caetano e Gustavo Veiga. Parabéns à Secretaria de Cultura de Goiânia pelo evento e por promover a música goiana de qualidade. Parabéns ao Carlos Brandão e equipe.

BLUES DO ARQUITETO

video

Escrevi esse "blues" para a turma de 2007-1 da UEG.

Pessoal gente boa e inspirador. Um grande abraço para todos.

Saudades.

BLUES DO ARQUITETO

Agora eu sou arquiteto, a minha vida mudou.

Agora eu sou arquiteto, vó eu virei doutor.

Acabou o EREA, ENEA, FENEA,

todo ano eu tenho o CREA pra cobrar anuidade e ART.

Vou montar escritório bonito, bacana, comprar computador.

"Tô Louco" pra fazer Casa Cor.

Vou fazer projeto, maluco legal, pós moderno rural,

minha Tia quer fazer "puxadinho" no quintal.

FUSCA 96


Dizem que gosto não se discute, mas aqui entre nós um fusquinha bem arrumado é um objeto interessante de design, e pode despertar os sentimentos mais contraditórios.
Comprei um fusca 96 por opção mesmo. Foi difícil de achar, mas comprei.
Depois de alguns anos sem dirigir o "clássico" estranhei um pouco, mas o prazer de estar numa raridade do automobilismo mundial é indescritível.
Penso que será difícil outro automóvel ocupar um lugar de destaque como o fusca.
Para aqueles que gostam e querem saber mais:


quarta-feira, 26 de março de 2008

CARICATURA DE PROFESSOR.




Vez por outra ganho caricaturas de alunos.

Normal, sou professor de desenho nos cursos de arquitetura, e sempre tem alguém que é bom no ofício de destacar os traços mais expressivos.

Essa aí é do Lucas, aluno do curso de arquitetura e urbanismo da UCG. Legal, recebo como presente. Sem problemas embora a intenção seja a de curtir - literalmente - com a cara do professor.

Valeu Lucas pela caricatura. Agora, quando for desenhar caricatura, não desenhe na minha aula.

sexta-feira, 14 de março de 2008

TURMA PROF. BRÁULIO VINÍCIUS FERREIRA

Quero agradecer a coragem da turma 2007.2 do curso de arquitetura e urbanismo da ueg em escolher o meu nome como nome da turma. Valeu mesmo.

Um fato interessante é que a composição da mesa na colação de grau estava repleta de professores e ex-professores da UEG. Coisa rara hoje em dia em que temos visto mesas de colação de grau com várias autoridades políticas. Na contra os políticos (rs) mas uma mesa que só tem professores é uma homenagem bonita e sincera, além de ser despretenciosa, pois qual professor que tem condições de pagar para aparecer numa mesa de formatura?

Fica o registro e a gratidão.

PREFIRO SER PATO


Desenho do Pedro - meu filho de 4 anos e nove meses.

Outro dia li em uma revista dessas de negócios uma frase que me incomodou.

" O pato nada, voa e anda, mas não faz nada direito."

A frase tinha como objetivo discutir a importância do foco na vida profissional dos leitores. Enquanto escrevia essas linhas fui procurar a autoria da frase, depois de alguns segundos (viva os sites de busca) vi que se tratava de um ditado popular, mas que logo foi dada para algum bam-bam-bam da administração.

Primeiro, quero saber quem perguntou ao pato se ele está ou não satisfeito com o que ele faz. Além do mais comparar o que o pato faz com outros animais é quase uma temeridade.

Ele anda. Tá certo que é meio desengonçado se comparado com o nosso caminhar. Mas quero saber se para uma ave que também voa e nada ele não anda bem? Não dá para fazer longas caminhadas na montanha, mas anda - cumpre bem seu papel.

Ele Voa. Não é o vôo de uma águia, muito menos aquele planar elegante do urubu, mas voa. Vai de um ponto ao outro voando, no ar. Já imaginou? Ele voa e experimenta a sensação de não tocar o chão enquanto se desloca no espaço.

E ele nada. Nesse ponto acho que o dito popular se engana. Se é que isso é possível. Penso que o nadar do pato é sem dúvida nenhuma muito bom, acima da média mesmo. Eu queria deslizar como ele na água.

Divido minha louca vida profissional em ensino, arquitetura e design. E tento manter o foco, não em uma das áreas mas na vida. Nenhuma delas é mais importante que viver bem. Acho que é isso que o pato pensa.

quinta-feira, 13 de março de 2008

PARE DE RECLAMAR !

video

Bendize.

Talvez seja um termo de difícil compreensão para aqueles que não estão acostumados com palavras do uso cristão, mas vale a pena refletir. Bendizer significa falar bem. Pare de reclamar. Fale coisas boas. Agradeça à Deus pela vida e por tudo o que temos a oportunidade de ver e viver.

DIÁLOGOS

Recebi o breve texto de um amigo por email. Pode ser até batido na net, ou como muita coisa que acontece na net : pode nem ser verdade, mas gostei do conteúdo e coloco aqui no meu blog.

Eis o texto:

Breve diálogo entre o teólogo Leonardo Boff e o Dalai Lama.

Leonardo Boff explica:

"No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos, na qual ambos participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga:
- "Santidade, qual é a melhor religião?"
Esperava que ele dissesse: "É o budismo tibetano" ou "São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo."
O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos - o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia contida na pergunta - e afirmou:
- "A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus. É aquela que te faz melhor."
Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:
- "O que me faz melhor?"
Respondeu ele:
- "Aquilo que te faz mais compassivo (e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável... A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião..."
Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável."

"Que fazeis de especial?"
Jesus (Mateus, 5:47)


Só para constar o texto bíblico do Evangelho de Mateus no capítulo cinco é um dos meus textos favoritos da escritura - O Sermão do Monte. Vale a pena ler todo o conteúdo, para ver que compassividade, sensibilidade, desapego, humanidade, responsabilidade e amor, são conteúdos do sermão que Jesus proferiu.
http://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/5