terça-feira, 7 de abril de 2009

PARA O MÓRIS

Amigo, Pedir desculpas não dá
Lamentar é o que eu posso fazer
Perdoe esse amigo de cá, que longe do Canadá
Confuso com a vida esqueceu de viver

Agora resta pedir ao nosso Pai
Criador do tempo e da vida
Que o nosso fraternal amor
Não seja abalado pela correria da lida

Amigo de longe ainda peço
Que essa data se repita
E que nos próximos anos
Eu celebre com você a vida.

2 comentários:

  1. Ô minha Gente!

    Valeu esquecimento! Ficou muito fera o pedido de desculpas.
    Que Deus continue abençoando seus talentos.

    Abração, Neuzinha

    ResponderExcluir
  2. Putz, minha gente...não podia ter esquecido...
    acho que o maior taLENTO que Deus me deu foi esse cabeção que esquece de algumas coisas importantes...
    Abraços saudosos.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.