sábado, 6 de novembro de 2010

GAMBIARRA #2

A gambiarra é tão complicada que foi necessária uma breve descrição.
Não garanto a precisão das informações.

Para quem acha que a gambiarra elétrica é privilégio só de faculdades públicas, aí vai um exemplo do que acontece na PUC GOIÁS. Além da falta de tomadas na sala de aula, a quantidade de pinos e de padrões para estes componentes elétricos é uma loucura. Para completar, o Brasil regulamentou um 'padrão' diferente de todos os existentes neste planeta. É a criatividade e o improviso do aluno de arquitetura. Em algum momento haverá uma ponto de tangência nestas realidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.