sexta-feira, 31 de agosto de 2012

A vida é simples.

Tenho pensado muito em uma música do Renato Teixeira, Irmãos da Lua.

Quase no final da canção a poesia diz assim:

"E o canto repousa a alma
Pra alma depende a calma
E a calma é irmã do simples
E o simples resolve tudo
Mas tudo na vida às vezes
Consiste em não se ter nada"
 

Tenho aprendido que a vida pra ser simples passa pela calma, simplicidade, e um desapego necessário.

Podemos pensar nessa tríade, e tentar simplificar a vida. Mais que um convite, pode ser uma opção.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.