domingo, 5 de agosto de 2012

Depois da Dengue.


Ainda não recuperei 100 % da dengue que tive desde o dia 24 de julho - dia em que acordei com uma dor de cabeça incrível.

De lá pra cá foram dias de febre, dores no corpo e muita, mas muita indisposição. Soro na veia, um litro e meio, remédios - muito remédios para febre, dores e para o estômago e uma sensação estranha.



Tive um sintoma atípico: uma tristeza estranha. Uma descrença de tudo. Foi isso que eu senti. Não sei se é somente da dengue, mas me disseram que é assim mesmo.

Uma doença que tem como ser evitada.
Eu fui buscar 'a minha' - ao que tudo indica - em uma cidade do interior de Goiás - Edealina.

Mas o pior é que a Dengue pode estar perto de você, no seu vizinho ou pior na sua casa.
Não custa lembrar que a prevenção é o melhor caminho.
Faça sua parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.