sábado, 25 de agosto de 2012

EXPODERIVA 2012 - Sergio Moura

"À semelhança do ano passado, nesse ano, meu olhar fixou-se mais nas pessoas, suas inserções e funções sociais na cidade. Não deixei de olhar para a natureza, nem tampouco para as construções. 

Em meus registros ficaram, além das pessoas, os contrastes e as contradições do público e do privado e o abandono público."
















1. Engraxate - em extinção
2. Teatro Goiânia - Abandono
3. Mãos e trabalho
4. Mobilidade em questão.
5. Um ipê amarelo na Av. Anhanguera

Nikon D-5000, lente 70mm-300mm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.