terça-feira, 27 de novembro de 2012

Hostel da Vila Mariana, encontro da ABEA.








Viagem para os encontros da ABEA é sempre um oportunidade de conhecer outras cidades.
Dessa vez voltei a São Paulo.








Como o encontro seria na Belas Artes, na charmosa Vila Mariana, procurei hospedagem por lá - o que facilitaria muito a vida, porém em função da corrida da fórmula 1, não encontrei nenhum hotel.


As chances foram diminuindo e já considerava uma hipótese de uma hospedagem em um hostel, ou albergue. Pois bem, criei coragem, liguei pra um, localizei no Google Maps e fui caminhando da Belas Artes até lá.

Ao chegar no Hostel da Vila,  fui simpaticamente recebido por um israelense sorridente - vantagem de quem procura um hostel: uma variedade de pessoas do mundo inteiro para conversar, treinar o inglês, ou simplesmente conhecer mais pessoas.

Mas para quem nunca tinha ficado em um Hostel - fiquei meio assustado.
Quartos mistos e coletivos com 6 ou 4 pessoas. Olhei três quartos e resolvi ficar em um que já tinha uma outra pessoa, mas poderia receber mais 4 - seis no total.

A experiência foi bacana e tranquila. Se eu faria de novo?  Talvez em extrema necessidade, mas o que eu vivi por lá valeu como experiência de vida.

Se eu indico? Claro que sim.
Ambiente limpo, um bom colchão duas noites 'bem dormidas' - na medida do possível é claro.
As vantagens - além do preço: 45 reais por diária - foram a proximidade ao local do encontro - 700 metros - segundo o mapa do google - e muitas alternativas para dois cafés da manhã bem ao estilo da metrópole, no balcão de uma boa padaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.