sexta-feira, 16 de novembro de 2012

P da Vida, por Tallu Fernandes.

Pato desenhado pelo Pedro Cordeiro, meu filho, aos 03 anos de idade.


P Da Vida

O que o pato pensa? –
Pensava a pena.
Será que valho a pena? –
Pensava o pato.
Quem pensa pena! –
Pensava a pedra.
E quem não pensa?
Paga o pato
E fim de papo!

Tallu Fernandes



Vez por outra recebo um comentário de um dos textos publicados aqui no blog.
Este comentário veio em forma de poesia.

Não poderia deixar de publicar.

2 comentários:

  1. Uai, que legal!!! Melhor de tudo é este seu pato que denota perfeitamente o "embrólio" do poema, desde que foi criado.
    Este pato sabe que pensar demais não presta. Bom mesmo ir nadando*. Um abraço, professor!

    *Significado de Nadando

    Nadar
    v.i. Manter-se e avançar sobre o nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu sõ Tallu,
      Tinha esquecido de colocar a autoria do desenho - meu filho.

      Abraço.
      Continuemos a nadar.

      Excluir

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.