sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Poesia em forma de presente - Pablo Neruda


 Pablo Neruda - Vinte Poemas de amor 
e uma canção desesperada.
Ganhei o livro de um grande amigo.
Poeta, músico, engenheiro e estudante de arquitetura Octávio Scapin.
Octávio é daquelas figuras cativantes, e talentosíssimas. Pensar que eu tive coragem de mostrar para ele uma 'canção' que fiz - só mesmo depois de algumas taças de vinho.
A gentileza de seus ouvidos só não é maior que a doçura de suas palavras e melodias.

Obrigado, amigo Scapin.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.