terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A Maravilhosa Fábrica de Virtudes - Rodrigo Bastos.





Na noite de segunda feira, dia 03 de fevereiro, reencontrei um amigo. Rodrigo Bastos.

Tive a oportunidade de conversar e rir um pouco sobre as coisas da vida e da arquitetura - é lógico.
Dois arquitetos e professores inevitavelmente falam de arquitetura e do ensino.

Trouxe para casa além da leveza da alma - algo que só é possível após conversas ternas e tranquilas - o exemplar de seu livro A Maravilhosa Fábrica de Virtudes.  O livro uma bela edição em capa dura, ricamente ilustrado com fotografias coloridas, é o resultado de sua tese de doutorado.



Confira a apresentação da edusp, onde você pode adquirir o livro.

Rodrigo Bastos reescreve a história de alguns dos edifícios mais emblemáticos da arquitetura luso-brasileira em Ouro Preto, procedendo à análise da arquitetura e de documentos primários inéditos. O objetivo do trabalho é demonstrar que o decoro foi um dos preceitos mais importantes para a fábrica da arquitetura religiosa na antiga Vila Rica, constituindo por isso uma chave bastante privilegiada para o seu melhor entendimento histórico. Outros preceitos e doutrinas esquecidos pela modernidade dos últimos dois séculos são também reconstituídos historicamente, como decência, conveniência, costume, e muitos outros. Inicialmente, o autor analisa os principais aspectos do decoro no período competente, e a seguir detém-se na análise da representação do decoro nos três templos mais significativos da antiga Vila Rica: a Igreja matriz de Nossa Senhora do Pilar e as capelas das Ordens Terceiras de Nossa Senhora do Carmo e São Francisco de Assis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.