quarta-feira, 30 de abril de 2014

Desculpe, Neymar. Por Edu Krieger.



Uma bela canção, uma triste realidade.

Vale o clique.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.