domingo, 29 de março de 2015

Inventor de 13 anos desenvolve impressora em Braille

Com 13 anos, o garoto foi responsável pela criação da empresa que recebeu investimento da Intel. Como ele fez isso? Criando uma impressora Braille open-source feita com Lego.

"Tudo começou quando eu estava voltando da escola, pensando em como os cegos conseguem ler. Cheguei em casa, perguntei isso aos meus pais e eles me mandaram procurar no Google", conta Banerjee. Ele descobriu sobre Braille, a leitura por tato, e também percebeu como era difícil para deficientes visuais terem acesso a livros. O processo de impressão de um livro em Braille é muito caro - o que impede que muitas pessoas cegas tenham o hábito da leitura.

Banerjee resolveu fazer algo a respeito e uniu a vontade de resolver esse problema com uma de suas paixões: Lego. Através de kits avançados das pecinhas ele foi capaz de desenvolver uma impressora de Braille que, em poucos minutos, traduz documentos para a leitura táctil. Vale o Clique!

Via Revista Galileu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.