quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Estádio Nacional do Japão, por Zaha Hadid é cancelado








Estrutura para Olímpíada de 2020 foi orçada em mais de 2 bilhões de dólares; governo deve escolher novo projeto. O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, determinou que seja feita a revisão completa do projeto de construção do Estádio Nacional de Kasumigaoka, em Tóquio, para os Jogos Olímpicos de 2020.

A proposta inicial, elaborada pela arquiteta iraquiana Zaha Hadid em 2012, já sofreu adaptações, mas continua sendo questionada tanto por especialistas quanto pela população japonesa por causa do custo elevado, que superaria os 2 bilhões de dólares. Também criticava-se o fato de o projeto de Hadid não ser adaptado ao seu entorno urbano. Segundo uma enquete feita pela rede de TV japonesa NHK, 81% dos cidadãos no Japão não apoiavam a construção do estádio tal como estava previsto na proposta de Hadid.

Previsto inicialmente para 2018, o projeto inicial de Zaha Hadid previa a construção de uma estrutura com duas alças contínuas na cobertura, que seria construída com materiais mais leves para maior aproveitamento do ar e da luz naturais. O novo monumento seria construído sobre o estádio que sediou competições dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 1964.

Via PiniWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.