domingo, 18 de outubro de 2015

Jardim cria experiência sensorial







O conceito neste projeto foca na qualidade de vida e no bem-estar dos moradores. Um jardim vertical, um modo de viver à francesa (no qual viver significa viver bem) e soluções arquitetônicas estratégicas. Tudo possibilitando um ambiente moderno, mas que eleva o jardim ao patamar de prioridade no dia a dia das pessoas. Em cada nível do edifício, amplas áreas verdes se espalham por todos os apartamentos, criando, ao mesmo tempo, tanto um canto individual quanto um espaço compartilhado. Isso porque as varandas se transformam em cobertura para as unidades abaixo. Há, ainda, alternância de pé-direito duplo com os simples, para proporcionar espaços verdes a todas as moradas e distintas versões de plantas.

Essas ideias e conceitos empregados foram inspirados nas práticas desenvolvidas pelo arquiteto e urbanista inglês Gordon Cullen (1914-1994), uma referência quando o assunto é paisagem urbana e que influenciou o campo do planejamento urbano ao desenvolver o termo que deu origem ao livro homônimo, Paisagem Urbana (1961), considerado um dos trabalhos mais originais sobre o planejamento das cidades. Confira!

Via Casa Vogue

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.