segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Apicultura - Sistema inovador




Antes de chegar em nossas mesas, o mel que comemos precisa ser extraído das colmeias: e essa parte é bem menos doce do que o seu sabor. O processo normal envolve extrair partes inteiras da colmeia, abri-las com facas quentes e então utilizar uma espécie de centrífuga para obter o mel. Mas dois criadores de abelhas estão prestes a facilitar esse processo.

A ideia é dos apicultores Stuart e Cedar Anderson, que são também pai e filho. A nova técnica de extração criada por eles e apelidada de Honey Flow se parece mais a uma torneira que é ligada às células de uma colmeia e, como o próprio nome diz, deixa que o mel simplesmente flua.

Mesmo que a ideia não tenha sido pensada para utilização em escala industrial, ela pode ser uma ótima ferramenta para apicultores caseiros. Afinal, além de mais sustentável, seu uso promete mel sempre fresquinho sem perturbar as abelhas e com muito menos riscos para os criadores. Vale o Clique!

Via Hypeness  

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Organizador de Cabos







Existem vários modelos para organizar cabos. Neste caso, trata-se de um conjunto que vem com duas placas de 10,2 x 10,2 cm cada, que garantem um jeito super-simples e prático de manter os cabos de equipamentos em casa ou no trabalho bem organizados. Mais detalhes, Confira!





Via Bem Legaus

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Ganhando dinheiro com a Go-Pro



GoPro lança site onde você pode hospedar e vender vídeos feitos com a câmera. Se você trabalha com criação de conteúdo em vídeo para a web, essa novidade pode ser o que estava faltando para fazer seus negócios decolarem. É que a GoPro acaba de lançar um site para que usuários possam comercializar os vídeos criados com a câmera: o GoPro Licensing.

Através da plataforma, qualquer pessoa cadastrada poderá hospedar e vender seus vídeos para agências de publicidade e canais de televisão, com valores a partir de U$ 1.000 (cerca de R$ 3,9 mil). Segundo a empresa, a ideia é facilitar as relações entre quem quer vender e quem precisa comprar o conteúdo.

É possível realizar a busca do material por tema, resolução e formato, o que auxilia profissionais que precisam encontrar conteúdos que mostrem quais são os direitos de reprodução de cada vídeo. Por enquanto, a empresa não informa qual a porcentagem das vendas que será repassada aos produtores do conteúdo, mas afirma que a prioridade é devolver o dinheiro a quem produz os vídeos. Confira!

Via Nomades Digitais

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Instituto Pólis lança manual gratuito de hortas urbanas



Publicação elaborada para o projeto Moradia urbana com tecnologia Social, da Fundação Banco do Brasil, em parceria com o Instituto Pólis, a cartilha Hortas Urbanas visa melhorar a alimentação das pessoas envolvidas na Tecnologia Social Hortas Urbanas, beneficiando o ambiente como um todo e favorecendo a relação da comunidade com o bairro e o seu entorno por meio do cultivo ecológico de alimentos e ervas medicinais em hortas, jardins, canteiros suspensos e outras possibilidades a depender da realidade local.

O manual é composto por três partes que envolvem a preparação da horta, o cultivo das hortaliças e, finalmente, o modo de preparar os vegetais a partir de algumas receitas. Para mais detalhes e download, Vale o Clique!


Via ArchDaily

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

X Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo

Foram divulgadas as datas da X Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo  que será realizada na cidade de São Paulo   entre os dias 04 e 08 de Julho de 2016.

Segundo o programa, no dia 4 de Julho, acontece a inauguração do evento no Auditório Oscar Niemeyer localizado no Parque do Ibiraquera, onde também no dia 08 será realizada a cerimônia de encerramento do evento. As conferências ocorrerão no Centro Cultural São Paulo, entre os dias 05 e 07 de Julho de 2016. Mais detalhes, Confira!

Via ArchDaily 

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Restaurante na Caverna

O Summer Cave é um incrível local que faz parte do Hotel Ristorante Grotta Palazzese, localizado em Polignano a Mare, na província de Bari, na Puglia, Itália. Se o hotel é um luxo só, misturando quartos escavados na rocha e todo o conforto que se pode imaginar, o restaurante é um espetáculo à parte. Aberto entre os meses de maio e outubro, o restaurante é um verdadeiro desbunde e sua vista para o Mar Adriático, de tirar o fôlego. Iluminada pelo reflexo das fantásticas águas cristalinas a caverna tem servido de cenário romântico e de banquetes incríveis desde os anos de 1700. Vale o Clique!

Via Bem Legaus

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Air Bonsai - Bonsai Flutuante

Apesar de parecer algo de filme futurista, o bonsai flutuante é uma realidade. Criado pela empresa Hoshinchu, que fica em Kyushu, no Japão, o Air Bonsai utiliza um pedestal eletrificado para levitar a planta e fazê-la girar.

De acordo com a empresa, que lançou campanha no Kickstarter para lançar o produto no mercado, o sistema ainda é capaz de levitar pratos de cerâmica e fragmentos de rochas de lava. No site, a empresa informa que a arrecadação irá ajudar a levar a tecnologia para outros países.

Aos interessados em cuidar de um bonsai que levita, a opção mais barata custa US$ 200 (cerca de R$ 823). Até agora o projeto de financiamento online arrecadou cerca de US$ 312 mil (aproximadamente R$ 1.285). A empresa pretende lançar o Air Bonsai em agosto deste ano. Vale o Clique!

Via Bem Legaus / Uol

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Maquete de Habitação Indígena na UNB.


Maniwa Kamayurá, representante dos povos indígenas do Alto Xingu, especialista em construção da residência tradicional kamayurá, foi o último mestre da disciplina Artes e Ofícios dos Saberes Tradicionais, do projeto Encontro de Saberes, promovido pela Universidade de Brasília (UnB) em parceria com a SID/MinC. Maniwa foi acompanhado pelo professor de arquitetura da universidade, Jaime Almeida e construiu, junto com os alunos, uma maquete das casas que está habituado a fazer.



A maquete construída tem 2m x 0,5m, uma casa original tem em média 10m x 40m e abriga cerca de 30 pessoas. Produzida com materiais orgânicos - madeira e fibras - é feita praticamente a mão, com pouquíssimas ferramentas, dura de 15 a 20 anos e leva cerca de sete meses para ser construída.



Maniwa e seu filho Wali passaram mais de duas semanas em Brasília com os alunos da UnB. O mestre explica que a casa é uma pessoa, sua estrutura tem costelas, pés, peito, pente, brinco, bumbum. "A gente faz uma pessoa e essa casa não é inventada, ela vem de nossos avôs. Só a família mora na casa, sogra, filhos, genro, tios, netos".

Mais informações: Povos Indígenas do Brasil.

Realismo na representação arquitetônica do pintor Ben Johnson

Ben Johnson | the making of Patio de los Arrayanes | 2015 from studio international on Vimeo.


Ben Johnson é um pintor preocupado com o realismo - especialmente quando trata-se da representação bidimensional do espaço arquitetônico. O artista britânico trabalha em Londres desde a década de 1960. Neste tempo, sua extensa obra abordou paisagens urbanas, estampas e representações de ambientes desenhados por Norman Foster, John Pawson, IM Pei, David Chipperfield.

Quando visto sob uma perspectiva do realismo artístico, a obra de Johnson é quase sem precedentes em sua precisão e atenção ao detalhe. A comparação mais próxima que poderia ser feita, seria o Retrato de Arnolfini de Jan van Eyck, feito em 1434, uma imagem da escola flamenca do século XV que também aproveita a técnica de utilizar uma perspectiva geométrica construída para representar o espaço. Também conta com um nível similar de detalhe e a "verdade da realidade" ainda que, por sua natureza como uma peça interpretativa, representante de uma realidade suspensa.

Um trabalho incrível que, Vale o Clique!

Via ArchDaily

domingo, 21 de fevereiro de 2016

A História do Teclado QWERTY








Como o Smithsonian aponta, algumas sequências bastante comuns em palavras da língua inglesa estão bem próximas no teclado QWERTY: “er”, “es”, “th”, entre outras. Então como surgiu esse layout estranho?

Os primeiros testes de máquinas de escrever foram feitos, de acordo com os pesquisadores Koichi Yasuoka e Motoko Yasuoka da Universidade de Kyoto, por operadores de telégrafos que receberam as teclas em disposição alfabética padrão. Quando esse formato se provou insustentável, foram feitas diversas revisões e provavelmente o QWERTY nasceu das excentricidades formadas. Em outras palavras, os datilógrafos formaram o teclado, e não o contrário. Mais detalhes, Vale o Clique!

Via Papo de Arquiteto / Gizmodo

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Shanghai Tower - Concluído o edifício mais alto da China









O escritório Gensler concluiu recentemente e construção da Shanghai Tower, segundo arranha-céu mais alto do mundo e o maior da China, segundo o The Council on Tall Buildings and Urban Habitat (CTBUH). Com 632 metros de altura, este é o terceiro edifício no mundo a ultrapassar os 600 metros de altura.

A recente mudança na hierarquia de edifícios em altura apenas reflete a tendência de edifícios em altura sendo construído no leste. Pela primeira vez em 41 anos a Sears Tower, em Chicago, foi tirada la lista dos 10 edifícios mais altos do mundo por torres localizadas na Ásia e Oriente Médio. Com o rápido desenvolvimento destas áreas, o CTBUH prevê que em menos de cinco anos o famoso edifício de Chicago não estará mais nem entre os 20 mais altos do mundo. Confira!

Via ArchDaily

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Seleção de Mestrado IPHAN 2016

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) está com as incrições abertas para 20 bolsas de Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural. Os interessados em participar do processo seletivo podem se inscrever até o dia 1º de março de 2016.

Com duração 24 meses, o Mestrado Profissional destina-se a formar profissionais graduados em diversas áreas de conhecimento para atuarem no campo da preservação do patrimônio cultural. O curso associa as práticas de preservação nas unidades da Instituição ao aprendizado teórico-metodológico e à pesquisa. Confira!

Via FNA

Despertador Cafeteira, por Joshua Renouf





O designer inglês Joshua Renouf desenvolveu a The Barisieur, um misto de cafeteira  despertador e cafeteira, para quem tem o tempo curto e o bolso cheio. A peça, feita em madeira e inox, é programada toda a noite para aquecer a água e preparar o café minutos antes do proprietário acordar. De quebra ainda aquece uma porção de leite. Com certeza se tem um aroma que a maioria das pessoas é viciada pela manhã, é o do café.

Se você não é daqueles desastrados que ao ouvir o despertador viram desesperadamente para dar um tapa na pela, o que poderia causar uma bela sujeira no quarto pela manhã, acho que ele pode ter sido feito para você.

O designer se preocupou com questões importantes de segurança, como por exemplo, não ferver a água com fogo, mas com bolas de aço inox que recebem calor por indução, aquecendo a água e usando a pressão para passá-la por um tubo até o café. Vale o Clique!

Via Valéria Alves / Mixology News

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Barragem de Mariana não tinha projeto executivo

A barragem do Fundão, em Mariana,  foi executada sem projeto executivo, segundo apurações do Ministério Público de Minas Gerais reveladas pelo programa “Fantástico”, da TV Globo, em sua edição de 17/01/2016, com base em documentos obtidos com exclusividade. Os documentos mostram que a combinação de diversos fatores ocasionou o rompimento da barragem em novembro de 2015. Trata-se da maior tragédia ambiental já registrada no país, que deixou 17 mortes e dois desaparecidos.

O primeiro fator apurado pode ser considerado decisivo para os demais: em 2007 a Samarco obteve autorização para iniciar a barragem sem apresentar o projeto executivo, “uma espécie de plano de vôo com todos os detalhes técnicos”, como  descrito pela repórter Cristina Serra.

Documentos do processo de licenciamento mostram que a empresa entregou apenas dados básicos, que mesmo assim foram considerados suficientes pela Fundação Estadual do Meio Ambiente na época. Essa falha permitiu que processo seguisse sem estudos  geológicos-geotécnicos, essenciais para se assegurar a segurança da futura estrutura.  Os documentos também indicam que desde 2013 a Samarco sabia que a barragem estava em risco. Confira!

Via CAU/GO

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

7 dicas para a saúde ocular como arquiteto

Cuidar da saúde ocular é fundamental para o desempenho do nosso trabalho como arquitetos, e é um hábito que devemos ter a cada dia! Você sabia que a saúde ocular tem relação direta com o nosso estilo de vida e de como nós cuidamos do nosso corpo? Devemos cuidar do nosso corpo como uma verdadeira máquina, ou um projeto feito em BIM! Não deixar para cuidar dele quando os problemas surgirem! Como diz o velho ditado: “É melhor prevenir do que remediar”.

No entanto, quem trabalha o dia inteiro na frente de um computador, como a maioria dos arquitetos e estudantes de arquitetura e não tem como diminuir a quantidade de horas também não precisa se desesperar por não manter seus olhos adequadamente lubrificados. Os médicos recomendam que pessoas (como é o nosso caso) nessas condições mantenham um umidificador em funcionamento constante no seu escritório e evitem contato direto com as rajadas do ar condicionado. Então, anote estas 7 dicas para você ter uma visão perfeita. Vale o Clique!

Via Papo de Arquiteto

Nova Marca TIM - A cultura chinesa e o Sinal Cortado

O estudo de símbolos sempre foi uma coisa que me chamou atenção. O que eles significam e qual a história por trás daquele signo é um tema que laça a minha atenção como designer. Foi um dos motivos que fez com que fosse aprender mandarim, uma língua onde seus ideogramas são pictogramas das palavras e significados.

No entanto, seja pela ânsia de entregar um projeto ou puramente por preguiça, uma fatia do mercado não se preocupa com os símbolos. A polêmica de hoje é o novo logo da TIM.

Apresentado ontem (13/01) pela empresa italiana, a nova marca é, segundo o CEO do grupo Telecom Italia, “a união de todas as ofertas comerciais do grupo debaixo de uma só marca”, ou seja, marcas locais (como a própria Telecom Italia) darão espaço para a marca unificada. Mais detalhes sobre os prós e contras da nova marca e a relação com a cultura chinesa, Vale o Clique!

Via Com Limão

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

ONG constrói escolas de garrafas PET



ONG constrói escolas de garrafas PET em regiões carentes. A ONG também disponibiliza em seu site um manual para que a técnica seja replicada em qualquer lugar.

Em todo o mundo existem crianças que não têm acesso à educação muito lixo sendo descartado incorretamente. A ONG Hug It Forward encontrou um jeito de solucionar esses dois problemas de uma só vez: construindo escolas com garrafas PET.

As vantagens de uma construção sustentável feita com a base em garrafas plásticas são muitas e vão desde a redução do impacto ambiental da construção até redução de custos e conscientização.

A organização utiliza a técnica para promover a construção de “Escolas de Garrafas”. Iniciada em 2009, a instituição já soma mais de 50 projetos concluídos na Guatemala e em El Salvador. A proposta consiste em capacitar a própria comunidade local para trabalhar junta em prol do desenvolvimento ambiental e educacional. Um projeto super bacana que, Vale o Clique!

Via Ciclo Vivo

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Concurso - Bicicletário do Recife


Ciclovias são um elemento prioritário na mudança de escolha do método de transporte, mas não o único. Assim como os veículos necessitam de estacionamentos para ficar durante o dia, o mesmo acontece com as bicicletas. Bicicletários são fundamentais para que as pessoas tenham liberdade de locomoção nas grandes cidades, e assim como outro tipo de transporte, necessitam ser pensados em modais, para que o usuário possa transitar de um meio de transporte para outro. Por este motivo geralmente estão localizados perto de estações de transporte público ou em locais estratégicos de deslocamento.

A cidade do Recife/PE, apesar de ser a primeira cidade na América Latina a investir em transporte público, recentemente é considerada por seus usuários o pior sistema de transporte público entre as capitais.

Assim, buscando proporcionar melhor infraestrutura para o transporte de bicicletas na cidade do Recife, assim como pensar no transporte público intermodal, a proposta do Concurso 014 do Portal Projetar.org é que os estudantes projetem um bicicletário, em local próximo à estação Central do Recife.

Dia 29/02/2016 é o Prazo final para inscrição das equipes.
Mais detalhes, Confira!

Via Projetar.Org

Apartamento Alternativo de 23 m² em New York








O primeiro edifício de microapartamentos de Nova York localizado na região de Kips Bay, em Manhattan. Chamada de My Micro NY, a iniciativa faz parte de um plano do governo que visa solucionar o problema de falta de habitação a preços acessíveis na cidade. Atualmente, a média de preço para alugar um apartamento de um quarto, em Manhattam, é de U$ 3.400, o equivalente a mais de R$ 10 mil.

Somando 3.250 m² e nove andares, o edifício modular se divide entre 55 pequenos apartamentos que variam de 23 até 35 m². No formato de containers, as unidades pré-fabricadas, com estrutura de aço e lajes de concreto, são produzidas em uma indústria, no Brooklyn, e chegam prontas para serem erguidas por um guindaste e encaixadas no edifício. Confira!

Via Casa Vogue

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Sótão vira Apartamento de 60 m²









Localizado no último andar de um edifício em Milão, na Itália, o sótão de 60 m² foi transformado em um elegante apartamento dúplex. Apesar de possuir pouco espaço, o local improvável tinha características favoráveis à construção de uma habitação, graças à presença de diversas janelas.

Para facilitar a setorização dos ambientes, os arquitetos do escritório italiano Piùerre tiveram a ideia de projetar um mezanino, onde foram instalados escritório e quarto. O apartamento fica em uma das extremidades do prédio, uma posição estratégica, pois lá é possível receber luz natural em boa parte do dia. Assim, os profissionais optaram por abrir duas claraboias a fim de facilitar a iluminação zenital. Como o espaço é integrado e não possui barreiras, todos os ambientes foram beneficiados com este recurso. Vale o Clique!

Via Casa Vogue

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Engenheiro projeta Cabine desacoplável para Aviões em caso de acidente



O avião é o meio de transporte mais seguro do mundo e a média de pessoas mortas em acidentes aéreos (cerca de 500 ao ano), se comparada com os milhões de aviões que sobrevoam os céus a cada 365 dias, é tão baixa que não deveria nos preocupar. Porém, muita gente ainda teme ficar fechado num aparelho que está a mais de 10 mil metros do chão.

Segurança nunca é demais e a indústria continua trabalhando para levar mais conforto e evitar ao máximo a probabilidade de acidentes. Mas a verdade é que, por mais motores, sofisticação e tecnologia de ponta que exista, ainda nada pode ser feito para garantir que erros humanos não acontecem (só continuar dando formação de qualidade para os pilotos, mas errar é uma característica bem humana).

Foi com isso em mente que o engenheiro de aviação ucraniano Vladimir Tatarenko trabalhou nos últimos 3 anos, para encontrar uma forma de salvar as vidas humanas mesmo quando os raros acidentes acontecem. E ele conseguiu, ao criar uma cabine que pode ser desacoplada do resto do avião em questão de segundos. A cabine possui um paraquedas preso no teto e tubos de borracha infláveis para mantê-lo à tona, caso seja necessário. O mais incrível é que a cabine é feita para poder aterrisar em terra ou em mar (já que é quando se sobrevoa os oceanos que fica mais difícil fazer aterrissagens de emergência). Vale o Clique!

Via Hypeness

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Itaipu vai produzir energia solar em estacionamento








Painéis fotovoltaicos estão sendo instalados no teto do estacionamento da usina hidrelétrica Itaipu, que é líder mundial em geração de energia limpa e renovável, com mais de 2,31 bilhões de MWh produzidos desde 1984, e dona da maior produção mundial de 2015, com 89,2 milhões de MWh.

O edifício é o Centro Executivo, em Foz do Iguaçu – Paraná, sob supervisão da Divisão de Infraestrutura (SGII.AD), estão sendo fixados 78 painéis fotovoltaicos, com capacidade instalada de 20 kW. Se comparado a usina hidrelétrica de Itaipu Binacional tem capacidade de 14 mil MW, ou seja, 700 mil vezes mais que a irmã mais nova.

Pode parecer pouco, mas não é. O novo sistema, que transforma radiação solar em energia elétrica, tem potencial para produzir 2.470 kWh por mês. É o suficiente, por exemplo, para abastecer cinco casas de pequeno porte. Ou suprir 8% de todo o consumo do Centro Executivo (aproximadamente 30.000 kWh). Confira!

Via Sustentarqui

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Hotel ocupa e restaura edifício modernista nos Estados Unidos

Quando um ícone da arquitetura de uma cidade ganha vida nova: assim pode ser descrita brevemente a história do The Durham, novo hotel localizado no coração de Durham, na Carolina do Norte, Estados Unicos. O projeto assinado pelo escritório Commune fez renascer um edifício emblemático da cidade: o Mutual Savings Bank, projetado por Perry C. Langston em 1965 e desativado desde 2008.

 Os arquitetos baseados em Los Angeles não só se inspiraram pela arquitetura modernista do edifício como buscaram recuperar a atmosfera midcentury em todos os materiais, revestimentos e mobiliário que compõem os interiores do edifício. Assim, Charles e Ray Eames, Josef e Anni Albers e Arne Jacobsen foram alguns dos nomes icônicos do design moderno que inspiraram os criativos do Commune.

Os seis andares do edifício hoje abrigam 53 quartos, além de uma penthouse suite, um restaurante com bar, no térreo, e bar com longe na cobertura. Na entrada do hotel, uma banca de revistas oferece publicações regionais e difíceis de serem encontradas, assim como uma seleção de discos de vinil da gravadora local indie favorita, a Merge Records. Vale o Clique!

 Via Casa Vogue

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Concurso – Unidade Básica de Saúde

Concurso Nacional para projeto de Unidade Básica de Saúde – Parque do Riacho – CODHAB-DF, a ser construído na Região Administrativa de Riacho Fundo, Distrito Federal. O concurso é Nacional, aberto, em uma etapa com envio em meio eletrônico. Podem participar Arquitetos e Urbanistas legalmente habilitados, nos termos do edital. Inscrições até 04 de março de 2016. Mais detalhes, Confira!

Via Concursos de Projeto

Holandês cria geladeira que funciona sem energia elétrica








O designer holandês Floris Schoonderbeek é a mente por trás da criação de um refrigerador que funciona sem energia elétrica. Apelidado de Groundfridge, o equipamento foi desenvolvido a partir de conceitos primitivos, mas que solucionam um problema bem atual, que é a necessidade de preservar os recursos energéticos.

O refrigerador usa a temperatura da própria terra para manter os alimentos frescos. Ele foi construído para ser enterrado, aproveitando a própria energia natural para funcionar. De acordo com o criador, o fato de ser enterrado no chão, permite que o “frigorífico” mantenha a temperatura constante de dez a 12ºC durante todo o ano. O calor é ideal para manter vegetais, vinhos e queijos em excelentes condições. Vale o Clique!

Via Ciclo Vivo

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Concurso – Centro de Ensino Fundamental


Concurso Nacional para projeto de Centro de Ensino Funddamental – Parque do Riacho – CODHAB-DF, a ser construído na Região Administrativa de Riacho Fundo, Distrito Federal.

O concurso é Nacional, aberto, em uma etapa com envio por meio eletrônico. Podem participar Arquitetos e Urbanistas legalmente habilitados, nos termos do edital. Inscrições até 26/02/2016. Mais detalhes, Confira!

Via Concursos de Projeto

Índia projeta prédio de contêineres



A cidade de Mumbai, na Índia, sofre constantemente com a falta de moradia. Para minimizar esse problema, o escritório CRG Architects planejou um prédio de contêineres. A opção é mais barata e sustentável do que os tradicionais, já que é feito com materiais reaproveitados.

Como a ideia é conseguir abrigar o maior número possível de pessoas, sem que seja necessário uma área muito grande, o prédio é bem alto. O projeto inclui duas torres em formato cilíndrico, compostas por uma série de contêineres empilhados.

A altura, aliás, é o grande diferencial deste para outros prédios de contêineres. Para que seja possível ter todos esses andares, os contentores são dispostos em uma espécie de circunferência. Este modelo facilita a passagem de ar e a ventilação natural, ajudando a manter os apartamentos mais frescos.

A disposição mais irregular também foi pensada para aumentar o espaço para as aberturas e janelas, aumentando o aproveitamento da luminosidade natural. O prédio contará com jardins verticais espalhados por todos os seus andares. Este pequeno detalhe pode fazer uma diferença enorme nas ilhas de calor. Confira!

Via Ciclo Vivo

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Concurso – Centro de Ensino Infantil




Concurso Nacional para projeto de Centro de Ensino Infantil – Parque do Riacho – CODHAB-DF, a ser construído na Região Administrativa de Riacho Fundo, Distrito Federal.

O Concurso é Nacional, aberto, em uma etapa. Envio em meio eletrônico. Podem participar Arquitetos e Urbanistas legalmente habilitados, nos termos do edital. Inscrições até 19/02/2016. Mais detalhes, Confira!

Via Concursos de Projeto

Parque linear na cobertura conecta edifícios residenciais no Vietnã

O estúdio vietnamita Vo Trong Nghia Architects revelou um projeto para um condomínio residencial na cidade de Ho Chi Minh, no Vietnã. A ideia consiste em três torres que serão conectadas por pontes aéreas na cobertura e protegidas da luz do sol por faixas de bambu em suas varandas.

O condomínio Dimond Lotus está situado em uma faixa de terra entre dois rios que serpenteiam a cidade e desaguam no oceano. Os blocos, que terão 22 andares, serão ligados por um jardim e pontes equipadas com áreas de convivência e vista para os canais da cidade.

O condomínio, que ocupa 8.400 metros quadrados, terá 720 unidades de apartamentos – todos com varandas ajardinadas e acesso à cobertura. “O telhado conectado fornece aos moradores um grande espaço verde, o que raramente ocorre na cidade”, afirmam os arquitetos responsáveis. Confira!

Via Ciclo Vivo

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Artista transforma sucata em esculturas




Especializado em metal e inspirado na natureza, o artista John Brown transforma pedaços de peças de sucata em esculturas de animais. O artista talentoso consegue redirecionar metais produzindo delicados personagens realistas que vão de borboletas e insetos coloridos para as aves, cobras e sapos. Cada peça é soldada na forma e, em seguida, pintada com uma tinta a óleo para imitar as marcas naturais de cada bicho.

O escultor de Wales coloca grandes quantidades de tempo e amor em cada peça. O artista se inspira na fauna local do canto oeste rural do país onde ele conserta pedaços de metal nos últimos 8 anos. Suas esculturas são anatomicamente corretas e baseadas em espécies animais reais.

“As pessoas procuram um emblema de beleza transcendendo o consumo sem fim”, expilca o artista sobre quando compram suas peças. Uma seleção de esculturas de Brown estão atualmente disponíveis para compra através de sua loja Green Hand Sculpture. Vale o Clique!

Via Razões Para Acreditar

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Parque linear de 24 km em Singapura

Uma antiga linha de trem desativada vai virar um belo parque linear em Singapura. O projeto, assinado pelo escritório japonês de arquitetura Nikken Sekkei, deve aumentar a área disponível para o lazer e uso comum, ao mesmo tempo em que revitaliza uma estrutura que estava fora de uso.

O parque foi apelidado de “Linhas de Vida” e foi desenhado a partir de uma solicitação do Jurisdição de Redesenvolvimento Urbano, como parte de um projeto maior de revitalização, focado em tornar o espaço público mais confortável, acessível, envolvente, desenvolvido, ecológico e atraente. Vários modelos foram apresentado em um concurso e o projeto japonês foi o vencedor.

Via Ciclo Vivo

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Novo modelo de tijolo Termo-Acústico



Os arquitetos colombianos Miguel Niño e Johanna Navarro, do escritório de arquitetura  Sumart Diseño y Arquitectura SAS desenvolveram o BT (Bloque Termo dissipador), desenvolveram um tijolo de barro que protege contra a radiação solar e permite que a ventilação passe através dos tijolos, dissipando o calor e reduzindo a temperatura interna da construção.

A ideia dos dois é construir casas e edifícios esteticamente agradáveis e que também promovem conforto e sustentabilidade, levando ainda em consideração que a demanda crescente por habitação no mundo é um dos maiores desafios da engenharia sustentável do novo século.

“BT – Bloque Termo dissipador,  é um tijolo de cerâmica para a construção de gabinetes de arquitetura e fachadas, que adota o mesmo processo do tijolo de barro de fabricação tradicional, com uma inovação no design da seção transversal usada no processo de extrusão. Sua forma incomum, composta de um retângulo e um triângulo escaleno irregular, protege parcialmente o tijolo da radiação solar e a transferência de calor”, explica os arquitetos.

Além de reduzir o calor, também reduz o ruído, quebrando e refletindo as ondas sonoras. Vale o Clique!

Via Razões Para Acreditar / Engenharia É

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Sesc Pompeia entre os 10 melhores do mundo pelo Guardian






O Sesc Pompeia foi listado entre os dez melhores edifícios de concreto do mundo pelo site do jornal britânico Guardian nesta sexta-feira, dia 8. Ao lado de Gaudí e Le Corbusier, o prédio projetado por Lina Bo Bardi aparece na sexta posição entre as melhores estruturas de concreto do mundo.

O edifício é tombado pelo IPHAN como patrimônio histórico e cultural. Veja como ficou o ranking, de acordo com o jornal inglês:

1. Panteão de Roma - (possivelmente por Apolodoro de Damasco)
2. Unité d'habitation de Marselha - Le Corbusier
3. Restaurante Los Manantiales, Cidade do México – Félix Candela
4. Banco de Londres em Buenos Aires – Clorindo Testa
5. Saint-Jean-de-Montmartre, de Paris –Anatole de Baudot
6. Sesc Pompeia, de São Paulo – Lina Bo Bardi
7. Pavilhão de Portugal, Lisboa - Álvaro Siza
8. Biblioteca da Escola Técnica de Eberswalde, Alemanha – Herzog e de Meuron
9. Pedrera, Barcelona – Antoni Gaudí
10. Poli House, Chile - Pezo von Ellrichshausen


Via Catrava Livre

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

E-Traces - Design para Ballet

E-TRACES, memories of dance from Lesia Trubat on Vimeo.

Graças ao trabalho da designer Lesia Trubat González, a sapatilha de ballet E-Traces transforma os movimentos da bailarina em ilustrações incríveis.

A designer utiliza uma tecnologia chamada Arduino Lilypad acoplada à sapatilha que registra a pressão e o movimento dos pés da bailarina e envia um sinal para um dispositivo eletrônico. Confira!


Via Catraca Livre

Alemanha - 'Autoestrada' para ciclistas

A Alemanha inaugurou os primeiros cinco quilômetros de sua autoestrada exclusiva para ciclistas. Com 4 metros de largura a pista, que deverá ter 100 quilômetros de extensão, permite que as pessoas viajem de bicicleta sem precisar dividir o espaço com carros e caminhões.

De acordo com informações da agência "France Presse", os idealizadores do projeto calculam que a ciclovia deverá tirar das estradas cerca de 50 mil automóveis por dia. Quando estiver concluída, a pista de quatro metros de largura ligará dez cidades da região de Ruhr, entre elas Duisburg, Bochum e Hamm, além de quatro universidades.

A ideia da autoestrada para ciclistas foi importada da Holanda e da Dinamarca e está sendo construída em uma região onde residem mais de dois milhões de pessoas. Os 100 quilômetros de ciclovia vão custar cerca de 190 milhões de euros, financiados em parte pela União Europeia, pelo grupo RVR e também pelo governo local.

Via Catraca Livre

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Seis filmes de suspense, sete estratégias de projeto arquitetônico

Entre 2007 e 2008, a disciplina de Ética da School of Architecture (UIC Barcelona, Espanha) analisa a obra cinematográfica de Alfred Hitchcock, soba ênfase do projeto de arquitetura. Nesta análise do historiador e teórico de arte Alfons Puigarnau e o arquiteto Ignacio Infiesta, o espaço é entendido como uma caixa cenográfica e desenvolve um papel vital, onde se analisa a estratégia visual em relação ao roteiro e a trilha sonora, com a intenção de criar uma deliberada atmosfera de suspense/thriller.

Ao longo deste curso, direcionado a estudantes de arquitetura do terceiro ano, estuda-se o olhar o do diretor de cinema como se fosse um elemento compositivo a disposição do arquiteto que projeta. Parte-se de uma analogia entre a lente da câmera que utiliza a luz e lápis do arquiteto que contorna as formas. De fato. Hitchcock enfatiza sempre o visual sobre o diálogo. Para conhecer o trabalho dos alunos da School of Architecture UIC, Vale o Clique!

Via ArchDaily

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Prêmio Mercosul de Artes Visuais






Até 20 de março de 2016, estarão abertas as inscrições ao Prêmio Mercosul de Artes Visuais. Organizado pelo Mercosul Cultural, a edição está sendo lançada simultaneamente na Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai, Venezuela e Equador. O objetivo da premiação é incentivar e reconhecer o trabalho de artistas visuais da região e terá como finalidade a realização de residências artísticas, que promovam o intercâmbio, o conhecimento mútuo e a difusão de ações e realizações de nossos artistas.

O Prêmio terá a modalidade de concurso individual, dirigida a artistas maiores de 18 anos de idade, que deverão estar vinculados aos países citados, seja por nacionalidade (nativo ou naturalizado) ou com residência de pelo menos cinco anos.

O Prêmio Mercosul de Artes Visuais consistirá numa residência artística de três a quatro semanas de duração, a realizar-se no Espacio de Arte Contemporáneo (EAC), na cidade de Montevidéu, no Uruguai, para um artista por cada país participante. A assistência aos ganhadores inclui passagem aérea, uma soma equivalente a USD 2.000 (dois mil dólares) para gastos de produção da obra e manutenção do artista, a cargo de cada país. As residências serão realizadas no mês de junho de 2016.

As inscrições devem ser enviadas ao endereço eletrônico: pmercosulav@funarte.gov.br, até 20 de março de 2016. Dúvidas e esclarecimentos deverão ser solicitados somente por este email.

Para conferir regulamento completo, Vale o Clique!