sexta-feira, 18 de março de 2016

Aeroporto de Berlim se tornará o maior campo de refugiados da Alemanha

A capital da Alemanha vai abrir espaço para 7 mil refugiados em um dos mais icônicos espaços da cidade: o aeroporto Tempelhof - aquele que o arquiteto Norman Foster chamou de "a mãe de todos os aeroportos".

O terminal é um espaço carregado de história: foi construído em 1927, reconstruído em grande escala durante o governo de Hitler, em 1930, e também foi parte central na Guerra Fria. Entre 1948 e 1949, aviões carregados de suprimentos partiam em direção à Alemanha Oriental.

Em setembro de 2015 foi anunciado que o local tornaria-se um abrigo de emergência, podendo comportar 1.200 refugiados, e que não teria acesso público por questões de segurança. Agora, com a entrada de cerca de um milhão de pessoas em situação de guerra no país, mais cinco estruturas temporárias serão construídas no local, assim como áreas de esporte e uma escola. Vale o Clique!

Via Casa Vogue

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.