sexta-feira, 18 de março de 2016

Novo terminal do Aeroporto de Goiânia terá sistema de reúso de águas cinzas

O novo terminal do Aeroporto Internacional de Goiânia, que tem inauguração prevista para o primeiro semestre de 2016, terá um sistema que permitirá o reúso não só de águas pluviais, como também das cinzas oriundas das torres de resfriamento, pias, chuveiros e bebedouros.

O sistema receberá, diariamente, os descartes das torres de resfriamento, que serão tratados quimicamente, para ajustes e equilíbrio de pH, controle e corrosão e incrustação, além do controle de crescimento de algas. Enquanto cabe à Empresa Brasileira Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) o monitoramento dos parâmetros, a empresa responsável pelo sistema, a Ecosan do Brasil, ocupa-se pelo processo de tratamento, fornecimento das máquinas e equipamentos, integração dos sistemas, treinamento e início das operações e da atividade. Confira!

Via Techne

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.