terça-feira, 12 de abril de 2016

Universidade na Espanha cria tijolo que reduz impacto de terremotos



Engenheiros da Universidade Politécnica de Valência (UPV), na Espanha, criaram uma nova classe de tijolos com isolante sísmico, que objetivam proteger as paredes dos edifícios contra terremotos. Batizado de Sisbrick, o produto para uso exclusivo em paredes divisórias combina materiais, não divulgados, que absorvem os movimentos sísmicos horizontais e que suportam e mantêm cargas verticais.


A instalação dos tijolos evita que a carga dos elementos divisórios seja transferida para a estrutura principal do edifício durante a ocorrência de abalos, o que reduz o risco de impacto de terremotos sobre a integridade estrutural das construções. O produto também reduz significativamente a tensão entre as vigas, pilares e as paredes.

De acordo com os testes, se dispostos de maneira específica e calculada, é necessária uma quantidade relativamente pequena dos tijolos especiais para atingir o isolamento sísmico. Os estudos mostraram que paredes de partição que incorporam Sisbricks podem absorver movimentos horizontais três vezes mais fortes do que as que utilizam tijolos convencionais.

Mais detalhes, aqui!

Via Techne

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.