sexta-feira, 10 de junho de 2016

Primeira cidade aeroportuária da América do Sul







Concessionária do aeroporto de Brasília apresenta plano de R$ 3,5 bilhões para empreendimento de 1 milhão de m². Projeto que pretende criar a primeira cidade aeroportuária da América do Sul inclui hotéis, espaços de lazer, edifícios comerciais e uma universidade no sítio do aeroporto

A Inframerica, concessionária que há três anos é responsável pela administração do Aeroporto de Brasília, anunciou nesta semana a construção da primeira Cidade Aeroportuária da América do Sul. O projeto do grupo composto pelas empresas Corporacion America e Engevix está orçado em R$ 3,5 bilhões.

O empreendimento contempla a construção de uma nova sala de embarque internacional, que terá as obras iniciadas em 2016 com previsão de entrega para 2018. O espaço será conectado ao satélite e ampliado em uma área de 9 mil m², aumentando a quantidade de pontes de embarque de quatro para oito. Do total, 1,5 mil m² serão destinados a serviços e gastronomia. Com as obras, o aeroporto passa a ter capacidade para receber até 1,5 milhão de passageiros internacionais por ano, 130% a mais do que o comportado atualmente.

Também está previsto um empreendimento comercial de 303 mil m² que comportará um shopping com 280 lojas, 30 opções de fast food e oito restaurantes de alto padrão, além de um edifício garagem com capacidade para quatro mil vagas, dois hotéis, dois edifícios de escritórios, cinema, academia e áreas destinadas a descanso. O acesso dos passageiros ao Terminal 1 e ao saguão de embarque se dará por meio do novo complexo, que deverá ser entregue também em 2018. Mais detalhes, Confira!

Via Infraestrutura Urbana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.