quinta-feira, 7 de julho de 2016

Turismo em Amsterdã se torna "problema"


Amsterdã recebe 17 milhões de estrangeiros todos os anos, sendo que apenas metade deles o faz pela primeira vez. Em março, as autoridades locais lançaram uma campanha para estimular os turistas que já conhecem a capital holandesa a buscarem as regiões menos populares da cidade, fora do centro. Para incentivar visitantes a irem além do Bairro da Luz Vermelha, da casa de Anne Frank e dos coffee shops, foram promovidas visitas em outros 11 bairros. O motivo: aliviar a pressão de ser o destino de um número cada vez maior de pessoas.

A câmara municipal está buscando novas medidas para controlar o número de visitas em Amsterdã. Bares e lojas para turistas estariam expulsando o comércio tradicional, e os vereadores do partido social-democrata (oposição ao prefeito, mas têm maioria na câmara) acreditam que o turismo está começando a prejudicar a cidade.

Uma das propostas visa limitar os aluguéis temporários, como foi feito em Barcelona. A capital catalã intensificou a fiscalização contra apartamentos que não possuíam o registro atestando condições seguras de moradia, seguro aluguel especial e que uma parte de toda renda obtida com o imóvel era recolhida pelo governo. Vizinhos chegaram a se organizar para protestar contra os excessos dos turistas em 2014.

Mais detalhes, Confira!

Via Outra Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.