quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Michael Reynolds e a primeira escola 100% sustentável no Uruguai

Projetada por Michael Reynolds, a escola com 270 m², foi construída por aproximadamente 60% de materiais reciclados como: 2 mil pneus, 5 mil garrafas de vidros, 2 mil metros quadrados de papelão e 8 mil latinhas de alumínio, com o custo total de 300 mil dólares.

Arquiteto, norte americano, Michael Reynolds o “Guerreiro do lixo”, fundou sua própria comunidade no deserto de Taos, no Novo México. A Earthship Biotecture, foi criada com intuito das pessoas viverem em harmonia com o entorno, sem renunciar o conforto, e aprenderem a reutilizar materiais descartados, que hoje representam um desafio para o meio ambiente.

Reynolds é responsável por diversos projetos e obras pelo mundo, entre eles a Rapa Nui no Chile e a Nave Tierra na Argentina. A viabilização do projeto da escola sustentável, se concretizou devido ao trabalho da TAGMA, uma organização sem fins lucrativos que implantou o método construtivo Earthship Biotecture no local. Com o a missão de habitar o mundo de forma mais sustentável, a ONG teve como objetivo aliar a construção da escola de forma autossuficiente que diminuíssem os custos de operação e facilitassem a aprendizagem da comunidade sobre inovação e sustentabilidade.

Mais detalhes, Vale o Clique!







Via Sustentarqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.