quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Sistema Construtivo de taipa de pilão



A “taipa de pilão” consiste em, fundamentalmente, colocar o solo preparado dentro de um sistema de formas, antigamente chamado de Taipal, e o compactar até atingir a densidade ideal, criando assim uma estrutura resistente e durável.

A técnica de construção com “taipa de pilão” é milenar, foi empregada em todos os continentes e nas últimas décadas, acompanhando a onda da sustentabilidade, vem sendo desenvolvida e usada em larga escala em países como a Austrália e os EstadosUnidos.

A empresa trabalha com um sistema de formas metálicas auto nivelantes que permitem a execução de paredes retas, em “L” e em “T”, em qualquer comprimento especificado em projeto. Desenvolvem também um misturador planetário para preparo e homogeneização do solo. O melhor é ser usado o solo do próprio canteiro ou de jazidas próximas evitando o consumo no transporte. Para determinarm as correções e os estabilizantes necessários contam com as analises feitas no Laboratório de solos da ESALQ/USP.

A compactação é feita com um compactador pneumático próprio para Taipa criado pela Chicago Pneumatics (Rammed Earth Tamper). Com o uso desses equipamentos por funcionários capacitados temos uma produção de aproximadamente 15 m2 por dia para paredes de 30 cm de espessura.

 As paredes de taipa são estruturais e apresentam ótimo desempenho nos acabamentos. Então apresentam menor custo quando comparadas com a soma dos valores de estrutura, alvenaria de vedação e acabamento de ambos os lados de paredes construídos com as técnicas convencionais.

Durante a obra executam corpos de prova que são testados no Laboratório de ensaios não destrutivos da FEAGRI/UNICAMP. Os parâmetros mínimos que trabalham são 3 Mpa de resistência a compressão e 8.000 Mpa para o módulo de elasticidade.

Mais detalhes sobre o fornecedor, Vale o Clique!

Via Sustentarqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.