quarta-feira, 26 de abril de 2017

Passagens do bairro paulistano Jardim Ângela são tema de concurso

O Instituto Cidade em Movimento (IVM - Institut pour la ville em Mouviment) – com sede na França e escritórios na China, Argentina e Brasil – lançou o concurso “Passagens Jardim Ângela”, que propõe um novo olhar para a região da zona sul de São Paulo.

Já realizado em cidades como Barcelona, Xangai, Toronto e Buenos Aires, o programa Passagens chega ao bairro da periferia paulistana. Com cerca de 300 mil habitantes e centenas de escadarias, rampas e vielas, o Jardim Ângela está instalado em área de mananciais, tem ocupações irregulares e a alta demanda por transporte.

Assim, o objetivo do certame é a revitalização de três passagens do bairro, a fim de melhorar a qualidade da mobilidade local, de pessoas e bens, e sua integração com a Estrada do M’Boi Mirim, principal eixo de comércio, serviços e conexão com a rede de transportes públicos. Entre os critérios do concurso será levado em conta alternativas inclusivas e replicáveis que provoquem o maior impacto urbano e social com a menor intervenção possível.

Podem participar jovens arquitetos, ativistas, coletivos, ONGs, profissionais e estudantes de todas as carreiras que tenham interesse em problemáticas urbanas, sociais e ambientais.

Os projetos – para uma, duas ou as três passagens – devem ser inscritos até 10 de maio pelo site onde também é possível consultar o edital do concurso. Em maio, o instituto anunciará os projetos finalistas e os autores participarão de um workshop internacional no bairro, no início de junho, com organizações locais. Os vencedores serão conhecidos no dia 10 de junho. Vale o Clique!

Via ArcoWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.