segunda-feira, 8 de maio de 2017

Deriva do Bem 2017 - Campinas

Ao lado do Centro de Goiânia, Campinas apresenta um fluxo quase sempre revisto em regiões mais agitadas da cidade: a correria do dia a dia, o barulho dos carros e a movimentação dos pedestres durante o dia dão lugar, à noite, ao silêncio da vida urbana, numa completa solidão. É neste cenário que mais parece ter saído de script de novela que a estudante de arquitetura Analyvia Machado, 24, passou toda a sua vida, desde quando seus pais, campineiros e vizinhos de casa, se conheceram por entre as praças da região. Não deu outra. A goiana corta Campinas de leste a oeste e se diz apaixonada pelo bairro, numa ode à memória de sua infância. “Eu amo Campinas”, já avisa de antemão.


[O Popular - Eu amo Campinas..., por Clenon Ferreira]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.