quarta-feira, 3 de maio de 2017

Primeira obra de Renzo Piano na Espanha, será inaugurado em junho



No dia 23 de junho será inaugurada a primeira obra de Renzo Piano na Espanha, o Centro Botín, na cidade de Santander. Projetado em parceria com Luis Vidal Arquitectos, o centro de artes foi comissionado pela Fundación Botín para continuar e potencializar seu trabalho no campo educativo e artístico.

"Nosso objetivo é que o Centro Botín se converta em um dos centros artísticos de referência na Europa", explicou Íñigo Sáenz de Miera, diretor geral da Fundación Botín. "Será um lugar acolhedor para desfrutar, aprender e se inspirar, e um motor de desenvolvimento que gerará riqueza econômica e cultural para Cantabria e o norte da Espanha", acrescentou.

Com 10.285 metros quadrados, o Centro Botín ocupa os terrenos dos antigos atracadouros da balsa, na baía de Santander. Sua pele externa é composta por 270 mil peças circulares que refletem a luz e as cores cambiantes do mar e do céu. Articulado em dois volumes, o oeste dedicado à arte e o leste às atividades culturais e de formação, o edifício conta com duas amplas salas expositivas (2.500m² no total), um auditório para 300 pessoas, salas de aula, áreas de trabalho, um bar chefiado pelo chefe Jesús Sánchez (duas estrelas Michelin), uma loja e um terraço com vistas para a cidade.

A inauguração em junho conclui um processo repleto de obstáculos. No início do projeto, a localização foi questionada por "algumas associações culturais, patrimoniais e ambientais [por] macular a perspectiva da baía".

Além da coleção de arte da Fundación Botín, o centro de arte receberá três grandes exposições este ano: a primeira exposição de Carsten Höller na Espanha, a maior mostra dos desenhos de Goya no país, e a retrospectiva de Julie Mehretu. Vale o Clique!

Via ArchDaily

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.