terça-feira, 19 de setembro de 2017

Por acaso, cientistas criam bateria que dura 400 vezes mais

Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia, em Irvine, estava estudando uma maneira de criar uma bateria que utilizasse gel no lugar do líquido, que é comum nesses produtos. Eles pretendiam inventar baterias mais resistentes, que não fossem afetadas por alterações na temperatura nem pegassem fogo com facilidade.

Mas, durante os testes, a invenção mostrou mais do que a resistência esperada pelos estudiosos: eles criaram uma bateria que dura 400 vezes mais do que as utilizadas em smartphones. Geralmente, essas peças podem ser carregadas 500 vezes, até que o lítio começa corroa a estrutura interna e o desempenho caia aos poucos, fazendo com que precise ser substituída.

A nova bateria não contém líquido e é produzida com nanocabos de ouro, que armazenam a eletricidade. Eles são revestidos de óxido de magnésio têm uma camada do gel eletrolítico como proteção.  Por serem frágeis, os nanocabos acabavam se desgastando rapidamente, até se destruírem, após de cinco mil ciclos de carregamento.

Via Blog da Engenharia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.