domingo, 1 de outubro de 2017

Violinista volta a tocar 30 anos após acidente - Invenção é brasileira



Rosemary Johnson tinha um futuro promissor na música. Aos 22 anos, ela já era a quarta violonista da Ópera Nacional de Gales, em 1988. Porém, a trajetória no cargo durou pouco. Apenas nove meses depois de ingressar na ópera, Rosie sofreu um acidente de carro a caminho de um concerto.

Desde o acidente, a violinista não consegue mais mover os membros ou falar. No entanto, uma tecnologia desenvolvida pelo pesquisador brasileiro Eduardo Miranda, professor na Universidade de Plymouth (Inglaterra), está permitindo que ela volte a se expressar através da música.

A invenção permite que Rosie selecione notas exibidas em uma tela através de sensores. Com os comandos dados por ela, outra violinista pode tocar em tempo real a composição definida por ela. Essa missão ficou a cargo de uma ex-colega de ópera, a também violinista Alison Balfour-Paul.

A história foi contada em um documentário inspirador, criado pelo canal do Youtube Volvo Car UK. O vídeo (em inglês) pode ser visto acima. Vale o Clique!

Via Hypeness

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.