segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Expansão do Norton Museum terá jardim público projetado por Foster + Partners





O Norton Museum of Art em West Palm Beach, Flórida, apresentou o primeiro jardim público projetado por Foster + Partners como parte do projeto de expansão do museu que custará cerca de US$100 milhões. Com uma variedade de plantas sub-tropicais nativas e espaços de encontro, o jardim foi concebido como "um novo espaço de convívio para a população local".

"Desde o início, concebemos o projeto de expansão do Norton como uma oportunidade única para criar uma nova imagem do museu, que referencia o projeto original, proporcionando um espaço mais acolhedor e convidativo para as pessoas", comenta Sir Norman Foster.

"Em nosso masterplan, definir o sentido de lugar do Norton foi fundamental para nós - neste caso, a natureza subtropical exuberante da Flórida. Por isso, propusemos o edifício do museu dentro de um jardim, criando áreas abertas que recebem atividades artísticas e permitem que a programação do museu se estenda para foram do seu limite físico".

Inserido em um masterplan de mais de 25.000 metros quadrados, o novo complexo contará com uma série de pavilhões de inspiração Art Déco, que circundam um pátio central criando corredores sombreados que conectam os "jardins cobertos" ao longo do eixo sul do museu. A exuberante vegetação é responsável por configurar os espaços expositivos no interior dos jardins de Pamela e Robert B. Goergen, os quais irão abrigar 11 grandes obras de arte doadas à instituição pelo casal, incluindo obras contemporâneas de Keith Haring, George Rickey e Mark di Suervo.

Na área central, um grande gramado receberá a programação ao ar livre, como o"Art After Dark" entre outros eventos, apresentações e exposições. Inspirado no histórico ficus plantado na abertura do museu em 1941 (que será o elemento principal da nova entrada oeste do museu), a Foster + Partners também incluiu um "jardim maduro" com oitenta e duas árvores adultas, cujas copas irão se integrar imediatamente com a estrutura da cobertura curva da expansão. Mais detalhes, imagens e vídeos, Vale o Clique!

Via ArchDaily

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.