sábado, 25 de novembro de 2017

O homem que apareceu na capa do disco Abbey Road, dos Beatles







Não é por acaso que os Beatles são a banda mais estudada e pesquisada da história da música popular: para um beatlemaníaco, ou mesmo para alguém realmente interessado na música e na cultura do século XX, qualquer personagem que tenha minimamente se aproximado e feito parte da história da mais importante banda de todos os tempos merece atenção e curiosidade.
E uma questão frequentes surgiu a partir de setembro de 1969, quando Abbey Road, o último disco gravado pela banda, foi lançado, é: quem é afinal o homem na calçada, ao fundo à direita, olhando para os quatro músicos atravessando a rua na icônica foto da capa do disco?

A resposta surgiu cerca de um ano depois do lançamento do disco, quando o inglês Paul Cole olhou a capa do álbum em sua casa, enquanto sua esposa estudava ao piano a canção “Something”, de
George Harrison, presente no disco, e foi tomado por espanto: aquela pessoa ao fundo da foto era ninguém menos que ele mesmo.

Cole estava com sua esposa na manhã do dia 8 de agosto de 1969, passeando pela rua onde a foto foi tirada, e decidiu descansar por ali enquanto ela seguia seu passeio por Londres. Ao parar para papear com um policial em uma viatura estacionada, ele reparou na foto sendo tirada. Mal sabia ele que passaria a constar em uma das mais memoráveis fotos e capas de disco da história.

“Aconteceu de eu levantar os olhos e ver aqueles caras atravessando a rua, como uma linha de patos”, afirmou Cole. “Um bando de malucos, eu os chamei assim, porque eles tinham um visual bem radical para a época. Não se andava em Londres com os pés descalços.” Cole não era um fã da banda, mas sua imagem, porém, estará para sempre atrelada aos Beatles, especialmente depois das mais de 30 milhões de cópias – e consequentemente da foto, tirada por Ian Macmillan – vendidas de Abbey Road.

Como tudo que diz respeito à banda, porém, há diversas teorias por trás de cada mínima história, e no caso de Cole não seria diferente. Diversos pesquisadores afirmam que a história de Cole é simplesmente uma invenção, criada por ele e reproduzida pela imprensa, e que o homem na capa do disco permanece um mistério.

Resolver tal dilema, porém, não é tarefa fácil, especialmente considerando que Paul Cole faleceu em 2008, aos 96 anos – ainda sem maiores admirações pela música dos Beatles, mas tendo realizado o maior photobomb da história. Vale o Clique!

Via Hypeness 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.