domingo, 4 de março de 2018

Cidade em Jogo - aplicativo coloca alunos para administrar cidades e discutir política urbana


A realidade de muitas cidades brasileiras é tão hostil que deixaria muitos candidatos a prefeito receosos de encarar o desafio da administração pública. Com isso em mente e com o objetivo de levar a discussão política e urbana às crianças e adolescentes, a Fundação Braga, em parceria com o Brazil Institute do Wilson Center, desenvolveu o Cidade em Jogo, aplicativo gratuito que lembra o famoso jogo Sim City, porém, com problemas e questões comuns das cidades brasileiras.


Desenvolvido para ser aplicado a alunos do ensino médio, o jogo oferece opções de localização (cidades rural, litorânea ou metrópole) e desafia os estudantes a decidir o que é melhor para sua cidade com base em indicadores financeiros, sociais, infraestrutura e opinião pública. Cada decisão pode interferir diretamente nos índices de satisfação popular, o que impacta na avaliação de cada "prefeito" e pode inclusive, em alguns casos extremos, resultar em greves e ocupações nas cidades virtuais.

O aplicativo foi pensado para ser jogado em grupos, estimulando o consenso entre os alunos e fomentando o debate acerca de temas relacionados à cidadania e problemas urbanos. Ao longo do ano passado, a Fundação Brava ajudou a implementar o jogo em escolas públicas e particulares de São Paulo, o que resultou em observações interessantes sobre como alunos de diferentes contextos socioeconômicos reagem para resolver questões ligadas à cidade.

Em 2018, a Fundação planeja levar o aplicativo a escolas de outras cidades. Desde janeiro, professores cadastrados na plataforma terão acesso a uma cartilha com instruções e planos de aula para implementar em classe questões de cidadania.

Mais detalhes, Vale o Clique!

Via ArchDaily


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.