sábado, 17 de março de 2018

Programa MCMV - 56% dos imóveis apresentam falhas de construção

Mais de 56% dos imóveis do Minha Casa Minha Vida vêm com problemas de construção, segundo dados da Controladoria-Geral da União (CGU). São imóveis com rachaduras, vazamentos, às vezes até mesmo sem ligação de água e esgoto. O programa Bom Dia Brasil, da Rede Globo, mostrou diversos casos de empreendimentos entregues sem qualidade. O programa já investiu mais de R$ 100 bilhões até hoje. “Em alguns casos dá para a gente dizer que o sonho da casa própria vira pesadelo”, afirmou a apresentadora Ana Paula Araújo. Confira aqui a reportagem! (https://globoplay.globo.com/v/6532214/programa/)

O programa mostrou o Condomínio São Francisco, em Belford Roxo (RJ). Foram construídos 243 apartamentos a um custo de R$ 11 milhões, que já apresentam rachaduras nas paredes e nos pisos, além de uma caixa d’água que explodiu. No Jardim Novo Horizonte, também no Rio de Janeiro, 134 famílias receberam casas sem ruas, sem título de propriedade e sem abastecimento d’água. As moradoras pegam água no mesmo riacho onde se despeja o esgoto.

Repórteres também apresentaram casos em Campo Grande, onde a entrega de 260 casas está mais de dois anos atrasada; no Crato (CE), onde um conjunto habitacional foi construído ao lado de uma estação de tratamento de esgoto; e em Juazeiro (BA), onde um conjunto de 1.600 casas apresenta alagamentos, paredes rachadas, tetos caindo e buracos nas ruas.

O programa lembrou que a Lei 11.977 exige que os conjuntos habitacionais sejam feitos em áreas com tenham: infraestrutura; saneamento básico; equipamentos de saúde; de educação e de lazer. Mas não é o que acontece. “Como é que faz mal-feito desse jeito?”, questionou o apresentador Chico Pinheiro.

Via CAU/BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.