terça-feira, 1 de maio de 2018

Projeto reúne grupo para debater melhorias para o centro de Goiânia

Matéria vinculada ao Jornal A Redação:
O centro de Goiânia receberá nos próximos dias 4 e 5 de maio o  projeto Deriva do Bem, que levará as pessoas a observar a cidade, refletir sobre ela e decidir o que quer dela. As inscrições para participar da programação estão abertas a partir desta quarta-feira (25) e podem ser feitas pelo site. Quem se inscrever, pode contribuir com dois litros de leite longa vida, que devem ser entregues no dia do evento. Todo leite arrecadado será doado a instituições de caridade. 

No primeiro dia, a atividade será um bate-papo, às 19h30, na Livraria Palavrear, no Setor Universitário. O diálogo será uma forma de escutar sobre o que as pessoas acham da cidade e debater temas a ela relacionados, como a importância de se sentir pertencente ao espaço urbano.

Já no dia 5, a turma se encontrará às 9h, na praça em frente à livraria, de onde percorrerá as principais ruas do centro, registrando em fotos e na memória a arquitetura, o projeto urbanístico, as pessoas e os cenários que compõem a área mais antiga da capital. 

O projeto Deriva do Bem nasceu em 2009 como disciplina optativa na Universidade Estadual de Goiás (UEG), mas só ganhou as ruas no ano seguinte, quando Bráulio Vinícius Ferreira, arquiteto e urbanista que o idealizou, resolveu reunir amigos e alunos para andar e fotografar o centro de Goiânia.

Desde então, todos os anos, o Deriva leva pessoas para praticar esse exercício tão importante que é observar o local onde moram. “O objetivo do Deriva”, diz Bráulio Ferreira, “é encontrar pessoas para pensar e conversar sobre a cidade e, assim, reconhecer e se identificar com o lugar onde mora”.

Além disso, como projeto de extensão da Universidade Federal de Goiás (UFG), onde Bráulio Ferreira é professor e atual diretor da Faculdade de Artes Visuais (FAV), o Deriva garante aos interessados certificado de participação.

Inscrições, Vale o Clique!

Via A Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.