sábado, 3 de novembro de 2018

Falta de licença cancela o primeiro prédio assinado por Zaha Hadid no Brasil e na América do Sul




O Brasil poderia ter sido o primeiro país da América do Sul a ter um edifício assinado pela top designer iraquiana Zaha Hadid (1950-2016), mas os entraves burocráticos impediram a construção do Residencial Casa Atlântica, em Copacabana, no Rio de Janeiro. A causa está no atraso da prefeitura do Rio de Janeiro em liberar o alvará, segundo informou Omar Peres, o empresário que encomendou o projeto à arquiteta e é conhecido pelos empreendimentos na rede hoteleira carioca.

Após este impasse, os investidores desistiram da obra, que seria no terreno da Casa de Pedra, famosa residência por ser a última da Avenida Atlântiva. Na verdade, o atraso já era um fato nesta "novela", pois o condomínio residencial de luxo havia sido projetado em 2013 e a ideia era que ele fosse lançado antes dos Jogos Olimpicos.

De hotel de luxo, o projeto passou a ser um empreendimento residendial com 30 apartamentos. Previsto para ter sua execução iniciada me janeiro deste ano,  agora, após a "fuga" dos investidores, tudo se resume a um leilão do terreno onde seria construído o único edifício da premiada e renomada arquiteta Zaha Hadid.

Via Casa Vogue

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.