sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Jean Nouvel assina hotel da Fendi

Já não é novidade: as marcas de luxo caminham bem juntas. Grandes nomes da moda, então, acabam apostando em projetos de arte, gastronomia e hotelaria. O mais novo buzz entre os fashionistas, portanto, é o Palazzo Rhinoceros – novo centro cultural em um palácio do século 17 em Roma concebido pela Fondazione Alda Fendi Esperimenti que abriga espaços para residências artísticas, exposições e performances.

E agora o complexo ganhou um hotel superexclusivo – como a turma da moda e da arte gosta! No The Rooms of Rome o hospede escolhe desde o aromatizador de seu quarto, fazer uma aula de culinária com um chef talentoso local, selecionar o tratamento de beleza que vai receber na chegada e até cortar as filas dos museus mais populares da cidade.

Se estética é tudo para esse cliente, era necessário convidar nada menos que um pritzker para cuidar do projeto: Jean Nouvel foi o escolhido para criar e mobiliar os 24 quartos do hotel em Velabro (bairro congelado no tempo pelo excesso de monumentos antigos e igrejas). O francês imaginou, então, "as salas de Roma" como uma série de caixas de aço feitas sob medida e projetadas para se alinhar com a arquitetura histórica preexistente – o resultado é um belo diálogo entre novo e antigo e unidades de diversos tamanhos.

Os quartos têm proporções generosas - são arejados, cheios de sol, cada um com seu próprio terraço – e os armários, cozinha e banheiros são escondidos por chapas de aço que entram como um contraponto harmônico ao lado das superfícies irregulares do edifício original. O concreto aparece em tons arenosos e os pisos nascem da mistura de padrões vibrantes com partes irregulares em tom de areia do projeto original.

Dica de décor mais interessante: em todos os cômodos há trompe l'oeils do chão ao teto que funcionam como uma espécie de “espelho” sugerindo dimensões mais generosas, porém inexistentes.  Para compor, uma seleção de móveis sofisticados dos anos 1950 – nada que ofusque a beleza da arquitetura grifada com os trompe l'oeils, além de peças bastante pontuais como uma poltrona do Gaetano Pesce.

Nos quinto e sexto andares, um restaurante italiano com inspiração Russa, o Caviar Kaspia Roma, filial da parisiense Caviar Kaspia, e vistas panorâmicas de Velabro (bairro congelado no tempo pelo excesso de monumentos antigos e igrejas).Lá, vale provar o espaguete com limão, amêndoas e seleção de caviar; conchiglie com salmão e vodca, risoto de ervas aromáticas com camarão vermelho, fondue de tomate seco ou o linguine com trufas e bottarga.

Via Casa Vogue


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.