domingo, 27 de janeiro de 2019

Mais de 500 casas de luxo formam condomínio abandonado na Turquia

Centenas de châteaux em estilo francês foram abandonadas no empreendimento residencial de luxo Burj Al Babas, no centro da Turquia, após seu principal desenvolvedor entrar com pedido de falência. O projeto recebeu atenção da mídia internacional depois de uma publicação no YouTube, com imagens captadas por drones, que revelam as construções de 342 m² cada na propriedade em Mudurnu (cidade entre Istambul e Ankara).

A ideia inicial era ter 732 casas idênticas, distribuídas no terreno verdejante. Contudo, com dívidas que somam mais de 100 milhões de reais, em um projeto que custou 750 milhões de reais, como apontou a Bloomberg, apenas 587 casas foram concluídas. Iniciadas em 2014, as obras das centenas de moradas foram deixadas em vários estágios de conclusão desde que o dramático colapso da economia turca levou o grupo Sarot a declarar falência em novembro do ano passado.

Além das casinhas, o empreendimento desenvolveu um edifício abobadado no centro do espaço, destinado à ser um centro de compras e lazer, com cinema, restaurantes, lojas, salas de reunião e até chreches. O preço das casas varia entre R$ 1.3 milhão e R$ 1.9 milhão.

Embora as obras estjam interditadas, o vice-presidente do Sarot Group, Mezher Yerdelen, disse à Bloomberg que está esperançoso de que o desenvolvimento continue. "O projeto está avaliado em R$ 750 milhões. Só precisamos vender 100 moradias para quitar nossa dívida. Acredito que podemos superar essa crise em quatro ou cinco meses e inaugurar parcialmente o projeto em 2019."

Via Casa Vogue


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.