quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Zaha Hadid Architects tem mais um projeto cancelado


Os planos de construção de um conjunto de arranha-céus em Brisbane, projetados por Zaha Hadid Architects, foram descartados após uma longa polêmica. O esquema "Grace on Coronation",apresentado em 2014, consistia em três torres residenciais esculturais e procurava revitalizar uma área histórica em Toowong, quatro quilômetros a oeste do Distrito Financeiro Central de Brisbane.

No entanto, o projeto tem sido criticado pela falta de sensibilidade em relação à área circundante, com a proposta de 27 andares violando o limite definido pela cidade, que permite até 15 pavimentos. Em maio de 2018, um único residente ganhou um recurso contra o empreendimento devido à violação de altura.

O investidor por trás do projeto de US$ 430 milhões (R$ 1,7 bilhão), a Sunland Group, anunciou agora que o empreendimento não seguirá adiante, após uma decisão do Tribunal de Recursos em setembro confirmando a objeção do residente.

"Quando apresentamos a proposta do nosso empreendimento em 2014, nossa visão era trazer uma arquitetura de classe mundial e parques comunitários para o centro da cidade a beira-rio, que está fechado ao público há mais de 160 anos." Sahba Abedian, diretor administrativo da Sunland

O projeto havia sido idealizado pela equipe de arquitetura como “uma flor desabrochando” com uma fachada de multicamadas, composta de um pano de vidro sob um padrão de diamante de vidro e concreto armado. A falecida Zaha Hadid, no momento do lançamento do projeto, disse: "O projeto reduz cada estrutura para minimizar sua área e aproximar o rio do público criando um espaço cívico vibrante para Toowong no contexto de um novo parque".

O conjunto das 555 unidades seria cercado por amplo espaço público, ponto principal do argumento - sem sucesso - da equipe para mitigar a altura excessiva das três torres, com duas de 24 andares e uma de 27 andares.

Conforme relatado pelo The Urban Developer, o diretor da Sunland, Abedian, indicou que a empresa está "direcionando todos os esforços" para "um novo resultado arquitetônico que celebra este local único e contribui para o amadurecimento de Brisbane como uma verdadeira cidade internacional".

Via ArchDaily

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.