sexta-feira, 1 de novembro de 2019

KPF projeta a torre CITIC, o edifício mais alto de Pequim

A torre CITIC, de 528 metros, foi inaugurada, sendo o prédio mais alto de Pequim até hoje. Projetada pela Kohn Pedersen Fox Associates (KPF), a arquitetura inovadora permanece culturalmente apropriada, inspirando-se no “zun”, um vaso tradicional originário da China na Idade do Bronze.

A KPF, conhecida por seus edifícios super altos, com um portfólio que inclui 5 das 11 estruturas mais altas do mundo, imaginou para a Torre CITIC uma forma de vaso, variando de 78 metros de largura na base a 54 metros de altura, ampliando-se no centro e terminando com 69 metros de largura no topo. O design da torre, adequado para a maior zona sísmica da China, encontra o terreno com elegância. O edifício cria uma planta quadrada com cantos arredondados.

No nível do solo, a curva do hall cria um efeito dramático, fornecendo um "pano de fundo para a experiência dos pedestres". A expressão da fachada única é introduzida na cobertura interna, seguindo a mesma lógica das curvaturas. Contendo a sede do CITIC Group e do CITIC Bank, a torre também incorpora escritórios e um centro de negócios polivalente.

"Imaginando a torre mais alta da cidade como uma representação de sua história e pessoas, abordamos o prédio como uma entidade pública em nosso projeto, […] A parede cortina, uma camada leve e delicada, se dobra na base e sinaliza as várias entradas do edifício. Ele parece flutuar acima do plano do solo, evocando a escala e a atividade humana que ocorrem em sua base e, finalmente, promove o envolvimento do público com a arquitetura e o bairro como um todo. Essa sincronia entre torre e paisagem, associada a sua forma simples e escultural, define a Torre CITIC." - Robert Whitlock, diretor de projeto.

A CITIC, localizada na parte norte da densa região de Pequim CBD, conecta-se a uma “vasta rede de transporte subterrâneo, conectando um sistema de passagens para pedestres, uma estrada no nível B2 e quatro linhas de metrô em três estações”, assim como seus edifícios vizinhos.

Sobre os desafios do projeto, Li Lei, diretora de design, afirma que seu objetivo para a torre era "criar uma peça central para o novo CBD que suscitasse harmonia com a capital histórica, propondo uma arquitetura inspiradora e contemporânea". Ela continua declarando que a empresa "abstraiu a forma elegante do zun e se concentrou em sua transformação gradual, aplicando esse motivo em várias escalas: desde a massa geral da torre, até a parede de cortina, o hall de entrada e os detalhes do interior". De fato, para KPF, a torre CITIC é integrada em seu contexto através de seu “perfil no horizonte, presença dinâmica no nível da rua, hall transparente e observatório”.

Via ArchDaily

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.