quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Beatriz Colomina recebe o Prêmio Ada Louise Huxtable

A historiadora e curadora de arquitetura Beatriz Colomina recebeu o Prêmio Ada Louise Huxtable de 2020 do W Awards por sua contribuição ao campo da arquitetura. Professora de História da Arquitetura e co-diretor do Programa de Mídia e Modernidade da Universidade de Princeton, Colomina é uma profissional de renome internacional que vem produzindo uma extensa obra sobre questões que envolvem arquitetura, arte, tecnologia, sexualidade e mídia.

Anteriormente conhecido como Women in Architecture, o W Awards, concedido em associação com o The Architectural Review e o Architects 'Journal, reconhece as contribuições das mulheres para a profissão, promove modelos para as jovens que iniciam suas carreiras e incentiva o respeito, a diversidade e a igualdade na prática arquitetônica. Manon Mollard, editor da The Architectural Review, disse: "A rica e rigorosa carreira de Beatriz Colomina moldou a maneira como pensamos sobre arquitetura, com destaque para Sexuality & Space - um texto ainda muito necessário na educação da arquitetura. Seus escritos, curadoria e ensino têm sido parte da espinha dorsal da teoria da arquitetura por muitos anos e continuarão a inspirar as próximas gerações."

Colomina recebeu diversos prêmios e bolsas, incluindo as bolsas de estudos Samuel H. Kress da CASVA, da SOM Foundation, da Le Corbusier Foundation, da Graham Foundation, da CCA, da American Academy em Berlim e do Getty Center em Los Angeles. Faz parte do conselho consultivo de várias instituições, incluindo a Fundação Norman Foster em Madri, a Bienal de Design de Istambul, o Instituto de Inovação e Estratégias Criativas em Arquitetura em Lyon, ARCH + em Berlim, o Centro de Estudos Arquitetônicos Críticos de Oslo (OCCAS), Beyond Media em Florença e The Storefront for Art and Architecture em Nova Iorque.

Via ArchDaily

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são bem vindos.
Desde que não sejam comentários anônimos.